Anunciantes


Humor, crítica, crônica, comédia e sátira sobre o Rio de Janeiro, o Brasil e o Mundo |  Defendendo o humor inteligente do Capitalismo e do Aquecimento Global, antes que se torne brinde de pasta de dentes

sábado, 20 de outubro de 2007



Fim de semana no shopping

Fui no fim de semana passado a um shopping da zona norte no Rio. Não posso dizer o nome, mas é aquele shopping que vira e mexe é metralhado de madrugada. Pois bem, lá fui com minha esposa, meu filho, meus irmãos, minha cunhada e meu sobrinho.

Almoçamos num botequim por lá. Não posso dizer o nome tampouco. Quer dizer, não posso é maneira de dizer, não quero. Não recebo pra isso. Se recebesse falaria em bom som: "Fui almoçar no Botequim Informal, nossa, que delícia o filé à milanesa". Mas se falasse isso de graça, porque haveria de ser pago um dia?

Dessa maneira, almocei num botequim qualquer, comi um file à milanesa normal. Bebi dois chopes regulares.

Ao fim do banquete, claro, café na mão (de uma determinada rede de lojas de café), meu sobrinho pediu para ir ao fliperama (eu sei, ninguém mais usa essa palavra) e nós é claro, atendemos.

O nível de estresse que já estava baixo, beirou -40° (tanto faz F ou C) enquanto disputava uma partida de Barcelona x Brasil, com direito a dois Ronaldinhos em campo.

Mas tudo que é bom, acaba. Resolvemos dar uma voltinha, quer dizer, uma volta (voltinha é o que a mulher faz pra gente analisar se aquela roupa deixou a bunda empinada) no shopping.

Pra resumir, a tarde de domingo num shopping do Rio, em três cenas.

O desastre começa durante a semana mesmo:

- Vai fazer o que Domingo?
- Ah, tava pensando em comprar uma casquinha no Mac e dar uma sentada no shopping...
- Ih, tem que chegar cedo lá então.

O terror não se limita aos jovens:
- Ih, deixa eu pegar o ônibus correndo, porque fulaninho já tá com a fralda toda cagada e eu vou lá no shopping trocar ele no fraldário.
- Aproveita e trás hipoglós num lencinho que o daqui já tá acabando.

Pra desestressar, minha mulher resolve fazer compras:
- Oi, gostei daquele jogo verde ali, quanto tá?
- Deixa eu confirmar... Trinta e nove e noventa.
- Beleza, vou levar.
- Só um instante... Humm, não tenho mais dele não.
- Bom, eu levo o que tá exposto mesmo. Faz um desconto.
- Ah, mas eu não posso vender... Regra da loja, não posso deixar de expor.
- Ué, a regra é não deixar de expor o produto que não tem pra vender??

Ufa, ainda bem que falta pouco pra segunda-feira agora.

7 comentários:

Thiago disse...

realmente ninguém merece esse tipo de coisa...

já estou com saudade do barcamp :(


abração
ps.: ja to assinando o feed :P
ps2.: vai falar do barcamp?? linka minha fotos ;)

http://blog.riotemporada.net/2007/fotos-do-barcamp-rio-de-janeiro-rj/

Mystic Horseman disse...

Olá !

Tenho um presente para você em meu blog !

Espero que gostes !

acesse o link abaixo :

http://mystichorseman.blogspot.com/2007/10/vale-pena-conferir.html

Abraços, luz e paz
HorseMan

mamendes disse...

Vlw, galera.

Seu que estou em dívida, mas tão tirando meu couro lá no trabalho. Até amanhã publico algo.

[]'s

Vinicius Costa disse...

Pior que o Norteshopping, só mesmo o Madureira Shopping hehehehehe
Moro perto do Norte Shopping (qualquer pessoa que more em qualquer lugar do Rio de Janeiro, fala isso), e prefiro zilhões de vezes ir pra qualquer outro shopping, nem que seja em Guadalupe... Do que enfrentar aquele arrastão constante que é caminhar pelos corredores deste maldito shopping.

mamendes disse...

Pois é uma das coisas que não entendo. Com tanta demanda reprimida na região (Norteshopping + Nova América não conseguem dar conta), tem gente que ainda acha que não existe consumidor na Zona Norte. E preferem abrir mais um shopping deserto na Barra.

O pior gerente comercial cego é o que não quer ganhar dinheiro.
[]'s

naturalnaturalmente@gmail.com disse...

Já não posso falar sobre shopping, já lá vão os anos, em que passava as ferias de verão entre o Meier e Ipanema, agora, posso mandar "bitates" sobre Centros Comerciais, ir passear na baixa Lisboeta ou em Cascais para lembrar que estou na Europa(?).
Aqui não há botequim, mas tem tasca, e se for tasquinha ainda melhor, não tem bife milanesa mas tem patanisca de bacalhau....
Vamos falando.Parabéns pelo seu espaço.

mamendes disse...

Mas que inveja!
Tenho saudades de Lisboa, que conheci aos 12 anos por uns poucos dias... Um dia volto, quem sabe como luso-brasileiro.
Abraços a esse povo maravilhoso. Tome umas bicas por mim!

[]'s